Prefeitura promove melhorias no Aterro Controlado Municipal

Quase a totalidade dos resíduos gerados pela população xapuriense é destinada a um único local, o Aterro Controlado Municipal, situado a Estrada da Variante. Há muitos anos a localidade vem sofrendo com a desorganização do espaço, em virtude principalmente do elevadíssimo quantitativo diário de resíduos sólidos urbanos gerados, e aos reduzidos espaços existentes no local para a destinação de tal fim, que no decorrer dos últimos anos tornou-se uma problemática.



Segundo o Secretário Municipal de Meio Ambiente e Turismo, Juscelino Facundo, a SEMATUR efetivou o cercamento do Aterro com arame, a instalação e manutenção de placas de advertência nos perímetros das áreas e no acesso ao local onde o lixo é depositado, promoveu melhorias ao acesso dos veículos responsáveis pela coleta e transporte do lixo ao aterro, bem como serviços que eliminaram a ocorrência de resíduos a céu aberto evitando a concentração de urubus e outros animais no local, seguindo um cronograma de ações relativas à implantação das medidas de remediação do Aterro.


Facundo diz que o município enfrenta dificuldades para gerenciar o Aterro Controlado, principalmente no que diz respeito à falta de recursos financeiros.


"A SEMATUR está alugando máquinas com recursos próprios para manter os serviços de destinação das cerca de 5 a 6 toneladas de lixo que são produzidas diariamente na zona urbana de Xapuri. Mas graças a Deus estamos melhorando e muito às condições do nosso Aterro", disse.


As ações fazem parte da celebração do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Ministério Público do Estado do Acre (MP/AC) ainda em 2018, no âmbito do programa Cidades Saneadas.


Galeria de fotos: