Prefeitura de Xapuri e Polícia Civil fiscalizam cumprimento de medidas preventivas contra covid

Prefeitura de Xapuri e Polícia Civil fiscalizam cumprimento de medidas preventivas contra covid


Força tarefa da Prefeitura de Xapuri e Polícia Civil deu início a ação nesta sexta-feira (28) para fiscalizar os estabelecimentos comerciais e locais de grande movimentação de pessoas.


A Prefeitura Municipal de Xapuri e a Polícia Civil do Estado do Acre, iniciaram ações de fiscalização do cumprimento de decretos em combate ao novo coronavírus. Em todo o município, as ações abrangem preços abusivos, estabelecimentos em desacordo com medidas de prevenção e aglomerações.


Em conjunto os membros das equipes das entidades, realizam rondas em pontos estratégicos do município Xapuriense. A fiscalização foi feita e continuará sendo feita por policiais civis e por agentes municipais, para a certificação de que apenas os estabelecimentos considerados essenciais estejam em funcionamento. Além disso, a fiscalização também consiste em avaliar se estes locais estão respeitando a obrigatoriedade do uso de máscaras e disponibilização de álcool em gel.


De acordo com a Prefeitura, o descumprimento das normas resultará em autuações, podendo chegar na cassação do alvará de funcionamento da empresa, bem como a abertura de inquérito policial por infração de medida preventiva sanitária. Conforme o prefeito Bira Vasconcelos, a intenção não é punir ninguém.

“Muito pelo contrário, gostaríamos que todos continuassem a respeitar as regras da quarentena imposta pela pandemia, o que aconteceu no início, porém o relaxamento por parte de parcela da população acendeu o sinal de alerta dos órgãos governamentais e estamos tratando de salvar vidas, não podemos nos omitir, logo, intensificaremos as fiscalizações”.

O Delegado da Polícia Civil, confirmou que o foco da ação em parceria com a prefeitura não é a prisão de nenhum empresário ou cidadão, aplicação de multas, e sim, de conscientização da população sobre o isolamento social, uso de máscara, higienização das mãos e pés e ainda a manutenção de distanciamento social de dois metros quando precisarem sair de casa.