Boa notícia: Xapuri reduz da taxa de mortalidade infantil e atinge meta pacutada entre os municípios

Xapuri comemora a conquista do atingimento da meta pactuada para redução da taxa de mortalidade Infantil, conforme divulgado pela Sesacre.

Prefeito Bira Vasconcelos e o Secretário de Saúde Wagner Menezes
Prefeito Bira Vasconcelos e o Secretário de Saúde Wagner Menezes

O dado, divulgado sintetiza o trabalho desenvolvido pelas equipes das redes de atenção à saúde da população pública e privada e reflete os investimentos realizados pela gestão do Prefeito Bira Vasconcelos (PT). Entre as ações que resultaram na queda do índice são citadas a intensificação das ações na rede de atenção básica, na atenção hospitalar e investimentos na melhoria da oferta dos serviços e na capacitação dos servidores da saúde municipal e a orientação das mulheres e mães.


O prefeito Bira Vasconcelos recebeu a notífica com muita alegria e pontou que a taxa de mortalidade infantil é calculada não somente com os partos realizados na rede pública, como também na privada e que em todos os casos, a equipe de Vigilância Epidemiológica realiza investigação para identificar as causas das mortes.

“Nosso atendimento é exemplar. Não há gestante que busque a rede e fique sem acompanhamento pré-natal conforme preconizado pelo SUS. Em xapuri a maioria das gestantes realizaram mais de sete consultas no pré-natal. Já o cuidado com a mortalidade é realizado pelo Comitê de Investigação de Mortalidade Materno Infantil, que estuda os casos, sendo públicos ou privados, de forma a esclarecer as ocorrências e orientar os profissionais sobre a prática dos protocolos”, pontua o prefeito.
Investimentos no setor de Saúde, em todos os setores, refletem na redução do índice de mortalidade infantil
Investimentos na Saúde refletiram na redução do índice de mortalidade infantil

De acordo com o secretário de saúde, Wagner Menezes, o boletim da Sesacre destaca que além de Xapuri, mais 4 cidades atingiram a meta de pactuação no indicador de mortalidade infantil, dos 22 municípios, ou seja, apenas 18%.

Wagner explica que algumas decisões e ações tomadas pela gestão municipal foram importantes para a redução da mortalidade infantil e destacou: Pré-Natal, aleitamento materno e o acompanhamento e desenvolvimento da criança nas unidades de saúde.

"Temos o apoio do prefeito Bira Vasconcelos que é um amigo da saúde. Também temos uma equipe médica e de enfermagem que muito se esforça para oferecer um atendimento de qualidade e isso reflete nos números apresentados no boletim da Sesacre. Também parabenizo a atuação das equipes de vigilância em saúde e atenção básica, fundamentais para alcançarmos esses bons indicadores" comemorou o secretário.

Segundo a prefeitura, a Semusa possui profissionais que se capacitaram no Programa Primeira Infância Acreana e que agora em 2022 expandirá a todos os profissionais de saúde as atualizações devido a nova caderneta da criança lançada pelo Ministério da Saúde, com a parceria com o núcleo de Saúde da criança da SESACRE.